Fique por dentro das novidades!

Avalion: solução online em crescimento na crise

Sem comentários

O isolamento social adotado por parte da população, em função da pandemia do coronavírus, fez com que alguns serviços on-line ganhassem ainda mais espaço. Empresas paranaenses de tecnologia conseguiram, em poucos meses, um elevado avanço no número de usuários ao oferecerem soluções que se mostraram essenciais. Facilidades como plataformas de estudo, aplicativos de consultas médicas e avaliação interativa de imóveis chegaram a dar um salto de quase 400% na procura. Especialistas afirmam que em um cenário de pós-pandemia, negócios que se mostrarem com qualidade vão permanecer em alta.

Assim que surgiram as primeiras orientações para que a população evitasse sair de casa, em março, por conta da Covid-19, novas formas de contratar serviços passaram a ser mais exploradas. Com isso, o mercado de tecnologia mostrou estar pronto a atender demandas, então, não percebidas por muitas pessoas, como explica Rafael Tortato, coordenador estadual de startups do Sebrae/PR.

“Esse crescimento por serviços digitais não aconteceria tão rápido se não fossem as necessidades percebidas durante a pandemia. O ‘novo normal’ trouxe uma percepção diferente aos consumidores e as startups estavam prontas para suprir essas demandas”, pontuou.

Felipe Couto, gerente de Inovação e Produtividade do Sistema Fiep, lembra que diversas ferramentas tecnológicas já existiam, mas somente agora ganharam espaço. “O Zoom já existe há muito tempo, mas agora a ferramenta precisou ser amplamente usada porque as pessoas estão trabalhando mais de casa. A pandemia deixou latente o movimento de transformação para o digital das empresas e da sociedade”, detalhou.

Foi o que aconteceu com a Avalion. A startup possibilita a elaboração de pesquisas e laudos de avaliação imobiliária de forma totalmente virtual. De fevereiro para março, a busca por opiniões de mercado subiu de 205 para 221 (7,8%); as análises mercadológicas tiveram crescimento de 68 para 179 (163,2%) no mesmo período e o número de laudos de avaliação passou de 29 para 75 (158,6%).

Preparadas para o pós-pandemia

Ainda que as empresas de tecnologia já estivessem prontas para as mudanças, segundo os especialistas, o momento também exigiu adaptação de companhias que não eram 100% digitais. “Em um cenário de cinco anos, com ou sem pandemia, empresas que não migrarem para soluções digitais tendem a morrer. Apenas com o uso de plataformas elas poderão ser rentáveis e poderão ganhar mercado”, disse Couto.

O coordenador do Sebrae/PR alerta que, apesar do crescimento exponencial das empresas paranaenses de tecnologia, apenas aquelas que se mostrarem realmente úteis devem permanecer. “A pandemia trouxe diversas soluções com rápido crescimento, mas apesar de toda essa aceleração, o mercado vai, aos poucos, fazer a validação do que realmente ‘fica’. O estado do Paraná está em processo para ser um celeiro startups, com muitas iniciativas de qualidade. Estamos com boas perspectivas de evolução”, finalizou Tortato.

Fonte: Tribuna

adminAvalion: solução online em crescimento na crise

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *